21/01/2019

Plenário da Câmara aprova criação da Fundação Legislativa de Campo Maior

Para a criação da Fundação, a matéria teve de passar por duas votações em plenário por se tratar de um projeto de lei complementar

A Câmara Municipal aprovou na sessão ordinária desta terça-feira (11/12), em segunda votação, a criação da Fundação Legislativa de Campo Maior. A entidade tem como objetivo desenvolver atividades sociais, culturais, esportivas e ainda nas áreas de saúde, educação e no setor econômico.

A criação da Fundalegis-CAM é projeto de lei complementar da mesa diretora do legislativo. O presidente da Câmara, vereador Fernando Miranda, afirma que o parlamento tem a função assegurada na constituição de legislar, mas é preciso ir além disso. Para ele, a Câmara pode contribuir no bem estar social do município.

Na Câmara, o presidente Fernando Miranda fez a leitura do documento de criação da Fundação Legislativa de Campo Maior

“Nossa atividade é de legislativo. Porém, Campo Maior merece mais do poder legislativo. E, para poder realizar atividades que beneficiem ainda mais a população, formulamos a criação da Fundalegis-CAM para que possamos contribuir em diversos setores. Constitucionalmente a Câmara não pode, mas a partir de agora poderemos através da Fundação”, comemora.

O vereador lista serviços que a Fundalegis realizará. “Estamos preparando a Câmara para oferecermos cursinho popular de forma gratuita, manutenção de escolinhas de futebol integrada com as escolas, apoio a atividades que promovam nossa cultura, nossas tradições, e a instalação de uma rádio e uma tv pública para atuar na boa informação aos campo-maiorenses”.

Para a criação da Fundação, a matéria teve de passar por duas votações em plenário por se tratar de um projeto de lei complementar. Na terça-feira da semana passada os vereadores já haviam aprovado o texto. Nesta terça, o projeto voltou a ganhar unanimidade na casa.

Veja também