09/12/2019

Câmara realiza audiência pública sobre o Programa de Desenvolvimento Territorial do Banco do Nordeste

Segundo informações apresentadas pela própria instituição, o banco investiu mais de 127 milhões de reais na região, no ano de 2018, através de linhas de créditos, incentivos e financiamentos.

A Câmara Municipal de Campo Maior realizou na manhã desta terça-feira (24/09), uma audiência pública proposta pelo vereador Zé Pereira, onde ocorreu a apresentação do Programa de Desenvolvimento Territorial do Banco do Nordeste. O evento reuniu autoridades, membros do banco, sindicalistas e público interessado.

A audiência teve como principal objetivo trazer à luz do conhecimento público as linhas de crédito que o Banco do Nordeste oferece à Campo Maior e cidades da região. Segundo informações apresentadas pela própria instituição, o banco investiu mais de 127 milhões de reais na região, no ano de 2018, através de linhas de créditos, incentivos e financiamentos. Apenas no município de Campo Maior, esse número chegou a 36 milhões de reais, ficando em destaque os números do “Programa Credamigo”, que realizou 13 mil operações, movimentando quase 23 milhões de reais.

O Programa de Desenvolvimento Territorial (PRODETER) é uma estratégia do Banco no Nordeste que tem como objetivos: Fortalecer as cadeiras produtivas (Ovinocaprinocultura), incorporar informações tecnológicas em atividades produtivas, promover a articulação de políticas públicas e promover o financiamento integrado.

Para o vereador Zé Pereira, a audiência foi importante, por que apresentou informações úteis tanto para quem mora na zona rural como na zona urbana: “A intenção da gente é levar o conhecimento para as pessoas, principalmente para o homem do campo, que é aquele que mais precisa desse desenvolvimento. Nós da cidade precisamos que cada vez mais o campo cresça. Eu vejo o banco como o maior parceiro do homem do campo”, disse.

O gerente do Banco do Nordeste de Campo Maior, Carlos Washington, disse que a vocação econômica de Campo Maior se encontra na agropecuária e que com o PRODETER aumentarão as exportações: “Eu espero que essa audiência pública venha a trazer benefícios para toda a sociedade de Campo Maior, principalmente aos produtores rurais, que são os verdadeiros heróis dessa cidade, pois a vocação natural de Campo Maior é a agropecuária, e com esse fortalecimento a gente vai melhorar a produção. Nós vamos exportar ainda mais para toda a região do Piauí e outros estados”, disse.

Veja também