24/01/2020

Leilão da sede do Caiçara Esporte Clube foi suspenso

O clube está cheio de processos trabalhistas e sua sede vai ser leiloada para quitação de dívidas com ex-atletas

O leilão da sede do Caiçara Esporte Clube, que estava marcado para a última sexta-feira (25), foi suspenso. A causa da suspensão do leilão foi que, segundo informou a secretária do leiloeiro oficial, apenas duas pessoas se interessaram em participar do leilão. O presidente do Caiçara, Chico Ispo, disse ao Portal Livre que foi informado que os lances eram mínimos e que, por isso, o leilão foi remarcado para o dia 13 de junho.

“Eu fui informado que o leilão foi adiado porque os lances eram muito pequeno, a parcela mínima, e não valeria a pena realizar o leilão”. O lance mínimo foi extipulado em R$ 280 mil reais. A sede foi avaliada em R$ 1,4 milhões. Caso tivesse sido leiloada pelo valor mínimo, a quantia seria insuficiente para quitar os débitos do Caiçara, que ultrapassam R$ 400 mil reais.

Ispo disse que pretende fazer uma viagem particular na próxima semana, mas que vai aproveitar para tratar de alguns assuntos relacionados ao clube. “Vou até Natal, vou tratar com alguns amigos sobre o nosso clube querido”, disse ele.

Chico Ispo, presidente do Caiçara, comunicou ao portal Livre que o leilão da sede foi suspenso e remarcado para o dia 13 de junho