Príncipe William teria dito que ‘é quase impossível’ confiar em Harry novamente

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Apesar do momento de alegria demonstrado pelos príncipes William e Harry ao inaugurar uma estátua em homenagem a princesa Diana, nesta quinta-feira (1º), parece que está longe uma trégua entre os irmãos. Fontes próximas à família da princesa de Gales acreditam que eles colocaram as diferenças de lado apenas por conta do tributo à mãe.

Eles revelaram que os parentes maternos estão “esperançosos” de que os dois príncipes possam curar sua ruptura duradoura. Porém, pessoas próximas aos irmãos dizem que é “quase impossível” que William volte a confiar em Harry novamente, segundo o Mirror.

Harry não informou à família real quando voltará ao Reino Unido trazendo sua família. Muitos membros da realeza, incluindo a rainha Elizabeth e o príncipe Charles, encontraram seu primogênito, Archie, apenas algumas vezes e ainda não conheceram a caçula, Lilibeth Diana.

“Apesar de William e Harry terem se reunido esta semana pela única razão de comemorar o legado de sua mãe, Harry está muito afastado da família”, disse uma fonte à publicação. “Eles deram um show, fizeram o que tinham que fazer para garantir que o dia transcorresse sem problemas e se despediram”, completou.

“Por um lado, você tem a família de Diana, assim como membros da família real, que vão se agarrar a qualquer migalha de esperança de que os dois irmãos vão reparar seu relacionamento, por outro lado alguns definitivamente sentem que o dano está feito e é quase impossível que Harry seja confiável novamente”, finalizou a fonte.

Esta foi a segunda vez em mais de um ano que Harry e William se encontraram, sendo a primeira em abril, no funeral do avô deles, o duque de Edimburgo. Poucos dias antes do evento fúnebre, o duque e a duquesa de Sussex haviam lançado uma série de acusações explosivas contra a família real em uma entrevista concedida a Oprah Winfrey, nos Estados Unidos.

Mais Notícias