Leonardo exibe foto rara com os seis filhos no dia do aniversário dele

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – O cantor Leonardo completou 58 anos neste domingo (25). Para comemorar a data, o apresentador postou uma série de fotos do que parecia ser uma reunião familiar recente para comemorar a data, já que entre as imagens Zé Félipe e Vírginia Fonseca, aparecem com a pequena Maria Alice, de apenas dois meses.

Porém, o grande destaque ficou por conta de uma imagem rara do sertanejo ao lado dos seis filhos: Pedro Leonardo, 34, Jéssica Beatriz Costa, 27, Matheus Vargas, 23, Monyque Isabella, 29, Zé Felipe, 23, e João Guilherme Ávila, 19. “Obrigado Deus por mais um ano de vida ao lado da minha família”, escreveu no Instagram.

Em abril, o sertanejo fez a primeira live Cabaré ao lado de Gusttavo Lima, sem Eduardo Costa, o antigo parceiro na empreitada. Amigos, Leonardo e Lima chegaram a dividir o microfone brevemente no show online VillaMix em Casa, realizado em maio de 2020, antes dessa apresentação.

O afastamento entre Leonardo e Costa ocorreu após as polêmicas que aconteceram justamente na live Cabaré, de maio do ano passado. Na ocasião, os sertanejos foram criticados por falarem palavrões durante o show ao vivo e desobedeceram as recomendações da OMS (Organização Mundial de Saúde) de evitar beijos e abraços por causa da pandemia do novo coronavírus. Os músicos, porém, se beijaram e abraçaram durante toda a transmissão virtual.

Alguns dias depois da apresentação de Leonardo e Lima, Costa mostrou que não superou ter deixado o projeto. Ele admitiu ter ficado com ciúmes ao ver que seu antigo companheiro o substituiu, e que a sensação foi a mesma de presenciar um homem transando com sua mulher.

“Não sei dizer, porque é um sentimento que eu não gosto de sentir. Você gostaria de ver um cara comendo sua esposa? É mais ou menos isso. Esse projeto foi idealizado para cantar o Leonardo e eu, então, se as pessoas enxergarem como ciúmes, eu posso falar que tenho ciúmes, sim”, disse Costa em entrevista publicada no canal do YouTube “Segunda Voz e Cia”.

“Você imagina um projeto que idealizei minha vida inteira, eu o montei, deitava na minha cama e sonhava o que a gente ia cantar. Você imagina eu, virando noites e noites produzindo, fazendo os arranjos. O meu ciúmes não é com o Leonardo, ele cantou com um monte de gente antes de cantar comigo, é o projeto, o nome, a marca. Só isso”, ponderou o artista.

Mais Notícias