13/11/2018

EUA

Gestão de Donald Trump já recuperou a economia americana da era Obama

A confiança do consumidor dos EUA alcançou o maior nível em 18 anos. A principal motivação do grande momento economico Norte-Americano foi a redução de 1,5 trilhão de dólares em impostos determinada por Trump

A desaceleração das importações, motivada pelas taxas impostas por Donald Trump a produtos estrangeiros, e o aumento dos gastos públicos, que estimulam o consumo, influenciaram no último resultado econômico dos Estados Unidos.

Presidente Trump estava certo ao reduzir impostos, reconhecem especialistas da economia

Os dados econômicos reajustados divulgados nesta quarta-feira (29) são os melhores desde o terceiro trimestre de 2014, quando a economia dos Estados Unidos registrou alta de 4,3%.

O corte de impostos de US$ 1,5 trilhão, feito pelo governo de Donald Trump no final do ano passado também é apontado como fator importante para o crescimento, já que permitiu que mais dinheiro fosse utilizado para o consumo, que responde por 70% do PIB norte-americano.

Através do seu perfil pessoal no Twitter, Trump celebrou o resultado: Confiança do consumidor no maior nível dos últimos 18 anos! E o PIB revisado de 4,1 para 4,2%. O nosso país está indo muito bem, escreveu o presidente norte-americano.