19/12/2018

Jair Bolsonaro diz que em seu governo não concederá indulto para presos

O indulto é um ato de clemência do Poder Público. É uma forma de extinguir o cumprimento de uma condenação imposta ao sentenciado desde que se enquadre nos requisitos pré-estabelecidos no decreto.

O presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) avisou, através de sua conta no Twitter, nesta quarta-feira (31), que não concederá indulto a presos em seu governo.

Bolsonaro: “No meu governo preso não receberá indulto presidencial”

“Fui escolhido presidente do Brasil para atender aos anseios do povo brasileiro. Pegar pesado na questão da violência e criminalidade foi um dos nossos principais compromissos de campanha. Garanto a vocês, se houver indulto para criminosos neste ano, certamente será o último”, afirmou Bolsonaro.

O indulto é um ato de clemência do Poder Público. É uma forma de extinguir o cumprimento de uma condenação imposta ao sentenciado desde que se enquadre nos requisitos pré-estabelecidos no decreto.

Durante o período eleitoral, Jair Bolsonaro assegurou que corruptos não formarão a base do seu governo.

“Nossos ministérios não serão compostos por condenados por corrupção, como foram nos últimos governos. Anunciarei os nomes oficialmente em minhas redes. Qualquer informação além é mera especulação maldosa e sem credibilidade”.

Veja também