22/05/2019

Sobe para nove o número de bandidos mortos envolvidos nas explosões de bancos em Campo Maior

A Polícia também confirmou que um piauiense contratou a quadrilha mineira para o assalto em Campo Maior. O coordenador do GRECO informou que os criminosos sempre contam com a ajuda de um piauiense, pois a quadrilha não tinha familiaridade com o Estado.

A Secretaria de Segurança Pública do Piauí confirmou a morte de mais um dos assaltantes que explodiram as agencias bancárias do Banco do brasil e da caixa Econômica, em Campo Maior, no último dia 30 de abril. A notícia foi confirmada na tarde de ontem (06/05).

O confronto com a polícia aconteceu na cidade de Barras, mesmo local onde outros dois suspeitos foram mortos na madrugada desta segunda. O número bandidos mortos subiu para nove e a polícia continua trabalhando no caso. Outras cinco pessoas já estão presas suspeitas de ter participação no crime.

GRECO: as informações das ações policiais foram repassados pelo delegado Tales Gomes

A Polícia também confirmou que um piauiense contratou a quadrilha mineira para o assalto em Campo Maior. O coordenador do GRECO informou que os criminosos sempre contam com a ajuda de uma pessoa do Estado, pois a quadrilha não tinha familiaridade com o Piauí. O único piauiense e que passou todas as informações é o criminoso Paulo França. Ele é considerado o líder e foi quem trouxe os mineiros para o Piauí.

Veja também