13/11/2019

Os Batistas do Piauí criam a Comunhão Batista Reformada

Um grupo de Batistas no Piauí criou a Comunhão Batista Reformada, uma espécie de associação que reúne os Batistas que estudam a origem do movimento e suas primeiras crenças.

Comunhão Batista Reformada foi fundada no Piauí e já realizou sua primeira reunião

Os Batistas já estão no Piauí há mais de cem anos, no Brasil, o grupo está presente há mais de 150 anos, mas só agora um grupo de crentes batistas começou a estudar as práticas dos primeiros batistas. Segundo o pastor Marcus Paixão, que também é pesquisador da história do Batista e professor, e um dos que está à frente do movimento, os Batistas tem uma longa história e uma teologia marcante.

“Os Batistas surgiram no século 17, na Inglaterra. Inicialmente formado por um grupo de puritanos que tinham deixado a Igreja da Inglaterra e se tornado independentes. Suas crenças estão bem documentadas em suas confissões de fé, especialmente a mais importante delas, a Confissão de Fé Batista de 1689”, disse ele.

Pastor Marcus Paixão com um exemplar da confissão de fé de 1689, documento que apresenta as crenças dos primeiros batistas

Segundo ele, a Comunhão Batista surgiu porque muitas perguntas estavam surgindo sobre a doutrina do grupo. O pastor Marcus Paixão disse que é constantemente abordado nas redes sociais por pessoas que perguntam sobre isso. “Depois que a internet ajudou na propagação das informações, constantemente eu e outros pastores somos abordados nas redes sociais por pessoas que perguntam sobre a confissão de fé dos batistas, sobre a história dos grupo, e tantos outros assuntos relacionados”.

Uma mesa redonda foi realizada para responder as perguntas dos participantes

Na última segunda feira (28), o grupo se reuniu na cidade de Luzilândia, na Igreja Batista Nova Conquista, para uma longa sessão e estudos na confissão de fé dos batistas que foi impressa em 1689, e que é considerada um dos principais documentos do grupo. O grupo tem o objetivo principal ajudar os Batistas que desejam se aprofundar no conhecimento sobre esse documento.

O encontro da CBR PI contou com membros de igrejas batistas de muitas cidades: União, Miguel Alves, Luzilândia, Campo Maior, Luís Correia, Assunção do Piauí e Teresina.

Veja também