19/12/2018

Servidores municipais de Campo Maior terão Plano de Cargos e Salários

A reunião foi mais um avanço na discussão do Plano de Cargos e Salários dos servidores municipais de Campo Maior. O mês de novembro será de elaboração e ajustes nas propostas.

Ribinha coordena os trabalhos na elaboração do Plano de Cargos e Salários que beneficiará servidores do município

Em um ato inédito e histórico, o prefeito Ribinha conduziu, na última quinta-feira, 08.11, a primeira reunião geral, (audiência pública), que definiu uma comissão de elaboração do Plano de Cargos e Salários dos servidores efetivos do município de Campo Maior.

A comissão será formada por membros da equipe do Governo, da Câmara de Vereadores, do Sindicato dos Servidores e por servidores das categorias beneficiadas com o Plano de Cargos e Salários. O prefeito Professor Ribinha informou que o plano é amplo e vai abranger todos os servidores efetivos, com exceção apenas daquelas categorias que são regidas por lei específica, como por exemplo, professores, Agentes Comunitários de Saúde e Agentes Comunitários de Endemias.

Professor Ribinha explicou que a Prefeitura de Campo Maior vai seguir um cronograma de eventos e que será apresentada uma proposta para ser discutida e colocada em votação no dia 03 de dezembro pela Câmara de Vereadores.

A reunião, que deu um passo gigante para essa conquista para os servidores efetivos, contou com a presença de vereadores, dos secretários César Robperio, (Finanças), Marcelo Miranda, (Saúde), e Otalício Leite, (Administração), e ainda da diretoria do Sindiserm , (Sindicato dos Servidores Municipais), e também de representantes dos mais de 300 servidores que serão beneficiados com o ato.

Cronograma para Elaboração do Plano de Cargos e Salários:

* Dia 13/11: Apresentação da proposta do município;

* Dia 22/11: Manifestação da comissão sobre a proposta do município;

* Dia 27/11: Consolidação da proposta;

* Dia 03/12: Encaminhamento do Projeto de Lei para a Câmara.

A partir do dia 13/11, as partes, representantes do município e representantes dos servidores poderão reunir-se sempre que necessário para concensuar questões do projeto.

Fonte: ASCOM PMCM
Veja também