20/11/2019

Aluno campomaiorense é premiado com bolsa de estudo do CNPq

O aluno campomaiorense Rogério Ricardo Oliveira da Silva, 13 anos de idade, foi premiado com uma bolsa no[…]

Aluno Rogério Ricardo 

O aluno campomaiorense Rogério Ricardo Oliveira da Silva, 13 anos de idade, foi premiado com uma bolsa no Programa de Iniciação Científica Jr. (PIC) pelo bom desempenho que obteve na Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas. Em 13 anos que a OBMEP é realizada, essa é a primeira vez que um aluno de ensino fundamental do município conquista o prêmio.

Aluno do 8º ano da Escola Municipal Hilson Bona, Rogério Ricardo não esconde a satisfação da conquista. “A prova em si, depois do estudo com o professor káká, não foi tão difícil assim, mas têm algumas questões que pega”, diz sorridente. “Recebi medalha de bronze na olimpíada e outro dia estava em casa quando chegou o carteiro com a carta dizendo que eu havia sido selecionado para a bolsa”, complementa.

Rogério é um dos alunos de escolas públicas do Piauí selecionado para participar do Programa de Iniciação Científica Jr (PIC) e receber uma bolsa no valor de R$ 1.200,00. O programa do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) busca desenvolver nos estudantes o gosto pela matemática e pela ciência, motiva-los na escolha da carreira profissional, desenvolver o rigor matemático e estimular a interação entre a universidade e as escolas.

Com a conquista, o sonho do garoto começa a ganhar intensidade. “Quero crescer bastante na vida para ajudar minha família. Meu grande sonho é ser uma das sete pessoas mais inteligentes do planeta”, diz entusiasmado. “Isso em Campo Maior é inédito. Em 13 anos essa é a primeira vez que acontece. Um aluno do ensino médio já havia conseguido. Mas aluno do ensino fundamental é a primeira vez”, explica o professor Reginaldo Alves (Káká).

A secretária municipal de Educação, Conceição Lima, comemora o resultado. “Isso é resultado do trabalho de todos os nossos técnicos, professores de toda nossa equipe. E é um desejo muito forte do prefeito Professor Ribinha”, comenta. “Queremos fazer dos 9.500 alunos da rede municipal um Rogério Ricardo, em entusiasmo, em vontade de aprender”, afirma.

Mais conquistas

Na OBMEP do ano passado, cinco alunos da rede municipal de ensino conseguiram destaque na prova nacional. Rogério Ricardo e Paulo Henrique faturaram medalhas de bronze, enquanto outros três estudantes receberam certificados de honra ao mérito. Para a olimpíada deste ano, as aulas preparatórias já acontecem em escolas da zona urbana e rural.

Veja também