20/11/2019

Alunos da escola Leopoldo Pacheco participam do Programa Saúde na Escola

O programa foi desenvolvido pelo Governo Federal e o município de Campo Maior participa integralmente das atividades.

Profissionais da Saúde visitam escolas e ministram palestras. As atividades são parte do Programa Saúde na Escola

Ontem a secretaria de saúde de Campo Maior realizou ações do Programa Saúde na Escola (PSE).  O secretário de saúde Marcelo Miranda, acompanhado de vários profissionais de saúde e da educação, visitou a escola Leopoldo Pacheco, onde uma palestra foi ministrada aos estudantes.

Em sala de aula, os alunos puderam acompanhar a projeção de imagens explicativas e tirar várias dúvidas no momento da palestra. “essa interação que permite que a saúde chegue até as escolas, com esclarecimentos, gera bons frutos. As crianças vão acumulando conhecimento e consequentemente cuidam melhor da saúde”, disse Marcelo.

Segundo Marcelo Miranda, uma ampla rede de ações são desenvolvidas no PSE. “Nossa atuação nas escolas, no PSE, envolve ações como a escovação supervisionada, triagem oftalmológica, campanha de hanseníase, vacinação contra o HPV e atualização da caderneta de vacina, além das palestras educativas”, concluiu.

Em Campo Maior serão beneficiados 5.556 educandos da rede de educação que estão matriculados nas escolas municipais. O PSE envolve também ações de combate ao mosquito Aedes Aegypti.

Alunos da escola Leopoldo Pacheco participam de atividades do Programa Saúde na Escola

O Programa Saúde na Escola visa contribuir para a formação integral dos estudantes da rede pública de educação básica por meio de ações de prevenção, promoção e atenção à saúde. Segundo Marcelo Miranda, “esta é a principal finalidade atribuída ao Programa Saúde na Escola”. O programa foi criado pelo Governo Federal e foi oficialmente instituído em 2007 pelo decreto 6286, de 5 de dezembro, e que atua sob o viés da intersetorialidade.