Cantora Ashley Monroe é diagnosticada com uma doença rara do sangue

A cantora country Ashley Monroe foi diagnosticada com uma doença rara do sangue, macroglobulinemia de waldenstrom.

O membro das Pistol Annies, de 34 anos, falou sobre a sua batalha numa publicação que fez no Instagram, esta terça-feira (13).

Segundo a artista, há alguns meses, numa ida de rotina ao médico, “descobriu que estava com anemia”. 

“Na ocasião pensei, bem, vou comer hambúrgueres dobrado, tomar vitaminas extra”, recordou. No entanto, a sua situação de saúde não apresentava melhorias. Por isso, “fez uma biópsia” e descobriu que sofria de macroglobulinemia de waldenstrom, o que explicava a anemia. 

Na mesma publicação, disse ainda que vai agora começar os tratamentos de quimioterapia, aproveitando para deixar um agradecimento especial a todos os que a estão apoiando nesta fase, sem esquecer o marido, John Danks, o filho, Dalton, de três anos, e as companheiras do grupo Pistol Annies, Miranda Lambert e Angaleena Presley.

“Estou grata por existir um tratamento que realmente funciona para combater o que está causando danos no meu corpo. Obrigada pelos amigos e familiares que se reuniram à minha volta a rezar e a enviar-me flores, a deixarem-me apoiar neles durante este capítulo muito estranho da minha vida”, escreveu. 

Mais Notícias