No Dia dos Pais, Samara Felippo homenageia mães solo: ‘Pãe não existe’

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Samara Felippo, 42, usou as redes sociais para fazer uma homenagem ao Dia dos Pais. Usando uma camiseta com a frase “pãe não existe” ela inovou ao prestar tributo às mães que criam os filhos sozinhas. “Pãe” é um neologismo que nasceu da junção das palavras pai e mãe.

“O que existe é mãe solo mesmo. Solo de sozinha, porque também não existe mãe solteira, já que minha maternidade não tem nada a ver com meu estado civil e também por haver muita mãe casada e solo”, pontuou a atriz no Instagram neste domingo (8).

“Não fazemos a função do pai, a lacuna fica mesmo”, continuou Felippo, que é mãe de Alícia, 12, e Lara, 8, do relacionamento com o ex-jogador de basquete Leandrinho, de quem se separou em 2013. “E você, pai que paterna, que sei que existem muitos, você não faz mais que sua obrigação”, finalizou.

Felippo costuma chamar a atenção nas redes sociais por expor opiniões a respeito de assuntos considerados polêmicos. Ela já falou sobre pressão estética, as dificuldades da maternidade e também de assédio no trabalho. Em julho de 2020, a atriz abordou o processo de aceitação do cabelo grisalho. À época ela afirmou que estava muito dividida entre se sentir bonita ou envelhecida e relaxada. Mas que desejava seguir com o visual, rompendo o machismo e a autossabotagem.

“Ele [machismo] vem de todas as formas. Corpo, cabelo, atitudes, roupa, estado civil, sexo, maternidade…Rompendo, rompendo, quebrando, quebrando…Sim, sou forte. Mas me permito me sentir fraca, frágil. E como diz uma amiga, que eu seja uma das que abrem caminhos para que muitas venham juntas. Eu sinto isso nos comentários e directs e convites que recebo. E juntas vamos quebrar esse sistema que ainda insiste em nos oprimir”, escreveu na ocasião.

Mais Notícias